Magnésio Dimalato, Coenzima Q10 e Vitamina B11 + Ômega 3 Salmão

0 comentário(s) | Deixe seu comentário
de R$ 300,80

R$ 277,00

Pague em até 12x no cartão de crédito
ou por R$ 263,15 (com 5% desconto à vista via depósito/transferencia)

Frete Grátis para todo Brasil

Comprar

Composto auxiliar da saúde cardíaca, constituído por Magnésio Dimalato, Coenzima Q10 e Vitamina B11.

Magnésio é considerado o “mineral da vida” e está associado a mais de 350 reações bioquímicas do organismo. Além de colaborar para a correta absorção do cálcio (evitando que se depositem nas artérias) e na produção de ATP, ajuda a estabilizar as membranas celulares do músculo cardíaco e auxilia na normalização dos impulsos elétricos (evitando as arritmias).

Coenzima Q10 ajuda na produção de energia nas mitocôndrias, melhorando a função do músculo cardíaco, fazendo-o trabalhar com menor esforço e contribuindo na prevenção de doenças do coração.

Vitamina B11 colabora no metabolismo energético do coração. Como o músculo cardíaco utiliza ácidos graxos, ela  transporta as moléculas de gordura até a mitocôndria, onde serão transformadas em energia. É responsável também para retirar as substâncias tóxicas das mitocôndrias, geradas por esse processo. Estudos comprovam que a Vitamina B11 ajuda a diminuir danos cardíacos em pessoas com insuficiência congestiva e as probabilidades de novo ataque de coração a quem já foi acometido por esse mal.

Principais benefícios:

Ajuda no fortalecimento e no fornecimento de energia para o músculo cardíaco.

Auxilia na prevenção de arritmias e no equilíbrio dos batimentos do coração.

Participa do metabolismo das gorduras, levando-as para o interior das mitocôndrias para serem utilizadas como geradoras de energia.

Contribui no combate aos radicais livres e no fortalecimento do sistema imunológico.

Colabora no tratamento e prevenção de doenças cardiovasculares, além de ajudar na proteção do coração.

Atua como auxiliar no controle do colesterol.

Ômega 3 é um ácido graxo essencial, que ajuda nas funções cardiovasculares e cerebrais. Não é produzido pelo organismo, devendo ser obtido por meio da complementação diária ou da inclusão de peixes e animais marinhos no cardápio.   

Os ácidos graxos (gorduras boas) devem estar presentes na nossa alimentação, pois quando ingeridos formam camadas lipídicas em torno das células, ajudando-as a funcionar melhor.

É rico em EPA e DHA. Estudos apontam que o EPA favorece a prevenção de doenças cardiovasculares, o controle do colesterol e previne a formação de placas nas artérias. Já o DHA colabora nas funções do cérebro.


Comentários

0 comentário(s) Deixe seu comentário