Vitamina B1 e o BERIBÉRI

Fraquezas musculares, problemas gastrointestinais, dificuldades para respirar são alguns dos sintomas do beribéri – doença causada pela deficiência de vitamina B1 em nosso organismo. Ela ainda pode causar alterações nervosas, cerebrais e cardiovasculares. Muito comum no período colonial, hoje a ocorrência fica restrita, em pequenos números, apenas há alguns estados brasileiros. Em países desenvolvidos praticamente inexiste.Isso porque pode ser facilmente evitada, pela correta ingestão de alimentos ou suplementos com a B1 (tiamina).

Além de prevenir contra o beribéri, essa vitamina do complexo B traz benefícios ao cérebro, melhorando a memória, o raciocínio e a concentração. Ela participa da síntese da acetilcolina – importante neurotransmissor que tem como função transmitir informações no sistema nervoso. E ainda protege as fibras nervosas, por meio da produção da bainha de mielina (estrutura que envolve e recobre tais fibras, proporcionando que os impulsos nervosos ganhem maior velocidade de propagação e mantendo as células íntegras).

A B1 traz também outros ganhos para o nosso organismo. Por se antioxidante, ajuda a neutralizar os efeitos prejudiciais dos radicais livres que causam o envelhecimento celular. Colabora para a digestão, atuando na liberação do ácido clorídrico, importante para o processo de absorção dos alimentos.
Na saúde cardíaca, essa vitamina – por atuar na acelticolina – contribui para o ritmo dos batimentos do coração. Outra função muito importante da B1 é auxiliar na produção de energia para o nosso corpo e no metabolismo dos carboidratos, gorduras e proteínas.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *