Quinoa – o melhor cereal do mundo

O que falar de um grão, proveniente das regiões andinas, que possui todos os aminoácidos essências que precisamos, além de proteínas, vitaminas do complexo B e outras, fibras, magnésio, fitonutrientes, fósforo, manganês, selênio, ferro, potássio, cobre, zinco, cálcio; ômegas 3, 6 e 9 e apresenta baixo teor de colesterol? É um superalimento não é mesmo?

Tanto isso é verdade que, com toda razão, a Organização Mundial de Saúde – OMS – denominou a quinoa como o melhor alimento de origem vegetal existente no planeta e recomenda o consumo diário dela. Suas propriedades nutricionais são tão notáveis que integra os cardápios da NASA, a agência espacial americana e da Estação Espacial Internacional (ISS). Estudos nutricionais apontam que o valor proteico desse cereal só é comparável ao do leite materno.

Em nosso organismo contribui para o fortalecimento muscular e imunológico, prevenção de doenças cardiovasculares (aterosclerose, arritmias, hipertensão, etc); controle do diabetes, colesterol e triglicerídeos; saúde óssea; melhor funcionamento do sistema nervoso, cerebral e intestinal; síntese de hormônios, sensação de saciedade, reparo e proteção do DNA, tem propriedades antioxidantes que diminuem os efeitos do excesso de radicais livres causadores do envelhecimento e muitos outros benefícios.

Leia mais a seguir.

  • É um dos alimentos mais ricos em proteínas que existem. Contém todos os aminoácidos essenciais (histidina, isoleucina, leucina, lisina, metionina, fenilalanina, treonina, triptofano e valina).
  • Possui duas vezes mais fibras que a maioria dos outros grãos. Como sabemos, as fibras são importantes para as funções intestinais, ajuda na redução de peso, prevenção de doenças cardíacas, do diabetes, controle da pressão arterial, etc.
  • É rica em ferro. Esse mineral ajuda nos glóbulos vermelhos (hemoglobina); faz o transporte do oxigênio de uma célula para a outra, fornecendo-o também para contribuir na contração muscular; auxilia na melhoria das funções cerebrais, etc.
  • A lisina, presente na quinoa, colabora no crescimento e reparo dos tecidos.
  • Por conter magnésio, o consumo da quinoa favorece a saúde dos vasos sanguíneos, transmissão dos impulsos nervosos, ajuda a regular a temperatura corporal, colabora na desintoxicação, produção de energia, formação de ossos e dentes.
  • A vitamina B2 (Riboflavina) componente desse cereal, auxilia no fornecimento de energia para o cérebro e células musculares.
  • Com alto teor de manganês, a quinoa tem propriedades antioxidantes, contribuindo para que as mitocôndrias sofram menos danos, ocasionados pelos radicais livres, durante a produção de energia celular. Ajuda também na proteção das células vermelhas do sangue e de outras células.

Pelos vários benefícios que nos proporcionam e devido à sua riqueza nutricional, convém incluir a quinoa em seu cardápio diário. Afinal, não é sempre que que OMS atribui um título tão nobre a um cereal, não é mesmo?

——————————–

Fernando Beteti

Jornalista Especializado em Saúde

 

 

 

Assine nossa newsletter para receber dicas, informações, vídeos e entrevistas diretamente em seu email!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *