Magnésio Dimalato: você precisa dele

 

Magnésio Dimalato tem efeito potencializado

O magnésio é um dos minerais mais importantes para a saúde porque está presente em praticamente todos os órgãos: no córtex adrenal, vasos sanguíneos, sistema cerebral e nervoso, coração, ouvido interno, hipotálamo, rins, fígado, músculos, próstata, baço, testículos e tireoide.

 

O Magnésio Dimalato tem efeito potencializado em razão da cominação com ácido málico, essencial para o metabolismo energético e atua em sinergia com o cálcio, outro mineral imprescindível para manter a saúde dos ossos, dentes e tecidos.

5 benefícios para suplementação com Magnésio Dimalato

1 – Evitar a formação de pedras

 

Quando existe um desequilíbrio entre cálcio e magnésio, o cálcio cristaliza e vira pedra. E os rins são os mais afetados.

 

Crise renal é uma das síndromes mais dolorosas que existem e obriga o paciente a correr para o pronto-socorro mais próximo. A cólica de rim começa na lombar e pode se irradiar para o baixo ventre e outras regiões.

 

 

A presença de pedras também pode causar obstrução urinária e infecção ou hematúria (sangue na urina). A suplementação com Magnésio Dimalato é a forma mais segura e simples de evitar calcificações, além de outros inúmeros benefícios.

 

2 – Retardar o envelhecimento

 

 

O Magnésio Dimalato é considerado o “mineral da vida” porque seu consumo ajuda a combater todos os problemas decorrentes do envelhecimento como dores nas articulações, insônia, baixa libido e indisposição para atividade física.

 

O consumo de Magnésio Dimalato tem um apelo rejuvenescedor porque melhora o organismo interna e externamente, incluindo a pele, os cabelos, dentes e ossos.

 

Não existe remédio melhor para atrasar o envelhecimento que boas noites de sono. O sono tem efeito reparador em todo organismo. O consumo de Magnésio Dimalato é um regulador natural do sono. É excelente também para a memória, o raciocínio e o equilíbrio mental.

 

3 – Antidepressivo natural

 

Magnésio Dimalato é um suplemento muito eficaz no combate ao estresse, fadiga, ansiedade e depressão por elevar o nível de serotonina, hormônio regulador do humor, do sono e do nível de encantamento com a vida. Onde há depressão pode haver falta de Magnésio.

 

Essencial para a saúde da mulher, o Magnésio Dimalato ajuda a combater os sintomas da TPM, que se caracteriza por uma fase de sentimentos negativos, crises de choro e retenção de líquidos entre outros.

 

O mineral também é amplamente indicado para amenizar os calorões, os estados depressivos, o desânimo, a insônia e a fadiga muito comuns na menopausa.

 

4 – Estimulante sexual

 

Sexo seguro é uma importante fonte de saúde física e mental. Problemas com impotência e frigidez geram baixa autoestima, sofrimento emocional e culpa, entre outros sintomas.

 

O Magnésio Dimalato melhora, naturalmente, o desejo sexual em homens e mulheres. No homem, ajuda nos casos de impotência, estimula a produção e motilidade dos espermatozoides.

 

Em um estudo publicado em 2012, Dr. Ranya Lotfi (Assistant Professor, Andrology Department, Ain Shams University, Egypt), relatou uma forte ligação entre disfunção erétil e baixos níveis de magnésio.

 

Na mulher, os estudos mostraram que o Magnésio aumenta o impulso sexual, combate a frigidez, a irritação, a apatia e estimula a ovulação.

 

5 – Coração no ritmo certo

 

O Magnésio Dimalato é excelente para o funcionamento do coração. São inúmeros os relatos de pacientes e estudos sobre os benefícios desse mineral.

 

Para entender: quando o coração bate menos de 50 ou mais de 100 vezes por minuto é sinal de que existe uma arritmia, que pode ser por carência de Magnésio, congênita ou uso excessivo de certos medicamentos.

 

O Magnésio Dimalato participa das contrações do miocárdio, o músculo cardíaco e ajuda a diminuir a pressão arterial, a principal causa de ataques cardíacos e acidente vascular cerebral (AVC).

 

O Magnésio é alvo de inúmeras pesquisas científicas que reforçam a importância de manter níveis satisfatórios para ter saúde e prevenir doenças.

Magnésio Dimalato pode combater:

  • Tontura e perda do apetite
  • Hipertensão arterial
  • Formigamento ao redor da boca
  • Dores de cabeça e tensão mandibular
  • Cansaço já de manhã ao acordar, fadiga e fraqueza
  • Degeneração da cartilagem que pode levar à osteoartrite e dores articulares
  • Contraturas, formigamentos, dormência, tremores e outras contrações musculares
  • Taquicardia, arritmia cardíaca e espasmos coronários
  • Espasmos nas pálpebras, no esôfago, no estomago ou intestino
  • Dificuldade para adaptar-se à luz, visão de luzes com os olhos fechados
  • Aperto no peito e dificuldade para respirar profundamente
  • Prisão de ventre
  • Cólicas menstruais
  • Dificuldade para engolir ou engasgamento na garganta
  • Desejos de consumir sal e chocolate
  • Sistema nervoso alterado: insônia, ansiedade, hiperatividade, inquietude, ataques de pânico, fobias
  • Osteoporose
  • Cáries

 

A NutriGenes, especializada em Suplementos, Vitaminas e Minerais Premium, oferece o Magnésio Dimalato como um suplemento natural em embalagens com 60 cápsulas – cápsulas vegetarianas – contendo cada uma Dimagnésio malato, excipientes em q.s.p. (quantidade suficiente), gelatina e água:

 

 

Fontes naturais de Magnésio

Se o solo brasileiro fosse rico em Magnésio, o consumo diário dos alimentos certos seria suficiente para manter os níveis adequados desse mineral no organismo.

 

Pesquisadores compararam legumes e verduras produzidas Brasil com a produção deles e, com exceção do alface, todos apresentaram níveis de Magnésio abaixo do desejável.

Algumas fontes de Magnésio Dimalato

Cacau: o chocolate preto puro tem quase 500 miligramas de magnésio em 100g

 

Os vegetais de folha verde escura entre eles, acelga, alface, espinafre, chicória e salsa

 

Frutas como banana, damasco, abacate, pêssego, ameixa, maçã

 

Amêndoas, castanha de caju, avelãs, nozes e outras frutas secas Ervilhas, lentilhas e sementes

 

Batata e abóbora

 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe:

 

Assine nossa newsletter para receber dicas, informações, vídeos e entrevistas diretamente em seu email!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *