Mulher dormindo - Nutrigenes

Fuja da insônia: conheça nutrientes para dormir melhor

Um problema que atinge 36,5% dos brasileiros. Esta é a insônia. Ela responsável por provocar cansaço, fadiga, irritabilidade e até mesmo lapsos de memória. Quando passar a noite em claro se torna uma rotina, a pessoa fica exposta a uma série de situações indesejadas. Entre elas estão de sonolência exagerada durante o dia e mudanças bruscas de humor. Perda de capacidades mentais, a exemplo do aprendizado e do raciocínio, também é comum.

O surgimento desses problemas a partir da insônia tem explicação. O sono é fundamental para a saúde e qualidade de vida. É neste período que o organismo aproveita para fortalecer o sistema imunológico. Assim, ele libera a secreção de hormônios e se organiza para organizar a memória.

A recomendação é que a noite de sono dure de 6 a 8 horas por dia, sem interrupções. Mas, quando a insônia se instala, uma alternativa saudável para ajudar a reverter esse quadro é a suplementação.

Entre os nutrientes indicados para noites de sono mais agradáveis está o Magnésio Dimalato. Fonte de Magnésio e Ácido Málico, esse suplemento ajuda a regularizar o sono. Capaz de ajudar nos processos de contração e relaxamento muscular, temos um aliado no combate ao estresse.

E os benefícios prosseguem. O Magnésio Dimalato aumenta a disposição física e mental, fortalece o sistema imune e favorece a resistência à insulina no diabetes mellitus, melhorando a captação celular de glicose. Além disso, reduz o acúmulo de alumínio, auxiliando na prevenção do Alzheimer.

Coenzima Q10

Igual ao Magnésio Dimalato, a Coenzima Q10 (CoQ10) também é uma “arma” contra a insônia. Isso porque ela ajuda a frear a perda de dopamina, uma substância responsável sono de qualidade e que também tem influência sobre o humor e a memória.

Recomendada para quem busca melhor desempenho físico, a CoQ10 ainda conta com efeitos anti-inflamatórios e antioxidantes.

Ela também auxilia na prevenção e tratamento de doenças cardiovasculares e na redução do colesterol ruim (LDL).

Assine nossa newsletter para receber dicas, informações, vídeos e entrevistas diretamente em seu email!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *