mãos de idoso segurando bengala

Contra o Alzheimer: a importância da suplementação

A Doença ou Mal de Alzheimer é a forma mais comum de demência neurodegenerativa em idosos. O Ministério da Saúde estima que 3 em cada 10 pessoas com mais de 80 anos sejam alvo do problema. No Brasil, são milhares de diagnósticos. Pesquisas sugerem que a doença atinja aproximadamente 1,2 milhão de brasileiros.

Sabe-se que o Alzheimer não tem cura, mas, é possível adotar algumas medidas que ajudam a prevenir a doença. Recorrer a certos nutrientes, por meio da suplementação, por exemplo, está entre as alternativas.

A Organização Mundial de Saúde classifica o Alzheimer como a forma mais comum de demência. A prova disso é que a doença chega a ser responsável por até a 70% dos casos de demência.

A projeção é de que, no mundo inteiro, 47 milhões de indivíduos sofram de demência. A cada ano, em torno de 10 milhões de novos casos são registrados.

O Ministério da Saúde dedica esforços e investimentos para estudar o assunto. Segundo a pasta, o Alzheimer se instala a partir do momento que o processamento de algumas proteínas do sistema nervoso central se torna ineficiente.

Como resultado, é favorecido o aparecimento de fragmentos de proteínas mal cortadas e tóxicas dentro dos neurônios e nos espaços que existem entre eles. Há assim, segundo o Ministério da Saúde, a perda progressiva de neurônios em determinadas regiões do cérebro. Entre os alvos estão o hipocampo, que controla a memória.

Também é diretamente afetado o córtex cerebral. Esta é uma área cerebral fundamental para a linguagem, raciocínio, memória, reconhecimento de estímulos sensoriais e também de pensamento abstrato.

Suplementos

Entre os suplementos que auxiliam na tarefa de proteger e turbinar o cérebro está o Ômega 3. Isso porque ele conta com o DHA. Trata-se do ácido docosaexaenoico. O nome é tão difícil quanto a importância dele. Trata-se de um componente que está em cada célula do seu corpo. Ele é fundamental para a estrutural vital do cérebro. Por ficar na membrana, auxilia diretamente na comunicação entre células nervosas.

Se não bastasse, há outros suplementos que colaboram na prevenção do Alzheimer. Podemos listar o Magnésio Dimalato e o Cloreto de Magnésio PA. Destaque ainda para o Óleo de Coco Orgânico e para o Óleo de Coco 6x Mais Concentrado com Quinoa. Todos estes produtos fazem parte do mix da Nutrigenes e são elaborados com base em matérias-primas importadas.

Sintomas do Alzheimer

-Falta de memória para acontecimentos bastante recentes;
-Repetição da mesma pergunta por diversas vezes;
-Dificuldade com pensamentos mais elaborados;
-Dificuldade para encontrar soluções práticas para a resolução de problemas;
-Confusão ao dirigir automóvel e percorrer trajetos que já são conhecidos;
-Mudança de comportamento (irritabilidade, agressividade, passividade, interpretações erradas de estímulos visuais ou auditivos, busca pelo isolamento, entre outros).

Fonte: Ministério da Saúde.

 

Assine nossa newsletter para receber dicas, informações, vídeos e entrevistas diretamente em seu email!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *