Mulher com a pele ótima

Colágeno: O Que é e Para Que Serve?

Seu corpo, como sua casa, é dependente de materiais que sustentem suas estruturas. Mas nem todas as nossas estruturas são ósseas. Suas orelhas, seu nariz, o tecido de sua pele e dos órgãos, ligamentos, todos esses são firmes, mas maleáveis. Eles têm origem e funções mais particulares, e todos, até seus ossos, dependem do Colágeno.

O Colágeno é a proteína mais abundante e fundamental para a manutenção de tudo isso. Ele pode ser visto como os tijolos de uma construção,. Isso porque é sua integridade que mantém o edifício funcional.

O colágeno é uma proteína de origem animal. Ela produzida pelo próprio corpo e também pode ser consumida de outras fontes. Ao consumirmos alimentos ricos em colágeno, nosso corpo os processam em aminoácidos, que são pequenos blocos sintetizados das propriedades dos alimentos.

Quais As Funções do Colágeno?

Mulher com o rosto bonito devido ao colágeno

Ao ser processado e formar os aminoácidos, nosso corpo os distribuem por todo o organismo. Assim, é promovida uma renovação celular dos tecidos. Nesse processo, as células são mantidas firmes e unidas. O Colágeno reforça nossos “amortecedores naturais”, como as ligações e cartilagens. Evita-se, assim, a inflamação e atrito desses tecidos na medida em que os usamos no dia a dia.

  • Pele:

Um órgão do corpo humano que fica muito exposto e suscetível ao desgaste cotidiano e se beneficia inteiramente da produção de colágeno é nossa pele. A pele é, inclusive, uma forma prática de perceber o poder ou a ausência dessa proteína. O colágeno dá o aspecto suave e elástico de nossa pele.

Ela trabalha incessantemente repondo suas proteínas e regenerando seu tecido. Como processo parcialmente externo, conseguimos ver os tecidos mortos sendo substituídos e como ele trabalha para dar firmeza a tecidos que ficaram flácidos ou estriados.

  • Unhas e cabelos:

Outros processos parcialmente externos pelos quais conseguimos perceber o trabalho do colágeno é através das unhas e dos cabelos. Unhas fortes, uniformes e íntegras, assim como hastes de cabelo volumosas que crescem regularmente são produtos do bom balanceamento de colágeno pelo corpo. Mas praticamente todos os processos de regeneração de tecidos estão fortemente ligados à nossa reserva de colágeno, que compõe cerca de 25% de toda a nossa produção de proteínas.

Ausência de colágeno

Mulher preocupada com rugas e marcas de expressão

Infelizmente, nosso organismo não é capaz de manter para sempre o mesmo ritmo da juventude. Com o tempo, passamos a sentir nossas juntas doloridas, a pele estriada, fibrosa, flácida, cansaço e dores. Os cabelos mais quebradiços, as unhas enrugadas… tudo isso podem ser sinais da recessão produtiva de nosso corpo.

Além da idade, outros fatores podem aumentar essa sensação: a carência de uma dieta balanceada, stress, tabagismo, sono insuficiente e doenças como artrite, esclerose, lúpus.

Esses fatores acabam diminuindo a sintetização do colágeno pelo corpo. Uma parte importante em seus tratamentos e também para a manutenção da saúde dos tecidos, do aspecto jovem da pele e dos cabelos e de uma vida saudável no geral é suprir o déficit de produção de colágeno que seu corpo acaba acumulando com o tempo;

Como Obter Colágeno?

Carne, leite ovos e queijos

Como falamos, o Colágeno é uma proteína de origem animal que é produzida em grande escala pelo corpo e também pode ser consumida de outras fontes. Vamos entender melhor quais são elas:

  • Carnes:

Sendo uma proteína de origem animal, uma fonte segura será a carne. Especialmente carne de peixe, que contém uma taxa menor de gordura e é fonte de outras proteínas fundamentais. A carne vermelha também conta com proteínas, apesar de ser de mais difícil processamento. Inclusive, uma dica importante, tanta para manter níveis saudáveis de colágeno como para facilitar sua absorção: evite frituras!

  • Leite, ovos e queijos:

São ótimas opções, de preferência os queijos Minas e Cottage, queijos brancos em geral, que são menos calóricos e demandam menos do organismo para serem processados.

  • Suplementos:

Um jeito de potencializar a absorção de colágeno pelo corpo de forma oportuna e adequada às suas necessidades pode ser através do consumo de suplementos que repõem as 10 gramas diárias aconselháveis sem correr o risco de não dar conta através unicamente da alimentação.

Suplementos em cápsulas de Colágeno hidrolisado são práticos. Eles geralmente têm fórmulas que adicionam outras proteínas que ajudam no processamento do organismo, é o mais recomendado para a manutenção do Colágeno por ser capaz de concentrar a quantidade adequada para a manutenção sem sobrecarregar os rins.

As cápsulas de Colágeno Tipo II, por sua vez, são extraídas da cartilagem de animais ricos nessa propriedade. Elas são recomendados no tratamento de problemas relacionados à carência alta de Colágeno, cartilagens e inflamações nas juntas. Entre elas estão a osteoartrite, onde esse tipo é mais adequado para recuperar sua produção diária e ajudar no tratamento desses tipos de problemas.

Conclusão

Pessoas fazendo exercício físico

Junto do consumo do suplemento de colágeno, é importante manter hábitos saudáveis. Eles potencializam a absorção e distribuição pelo corpo. Ter um número satisfatório de horas de sono é fundamental, já que é nesse momento em que seu corpo trabalhará mais.

E tome muita água! Um corpo hidratado trabalha melhor em todos os seus processos. Evite frituras e alimentos muito gordurosos ou calóricos que acabarão sobrecarregando seus rins e fígado, diminuindo o ritmo do processamento de outras proteínas importantes.

A manutenção da saúde é um processo interminável. Ela depende sempre de sua determinação, de boas práticas e da busca por alimentos e suplementos que sejam um combustível que supra suas necessidades e causem satisfação – a sensação de estar fazendo o melhor por si.

Gostou das dicas? Assine nosso newsletter e compartilhe nas redes!

Assine nossa newsletter para receber dicas, informações, vídeos e entrevistas diretamente em seu email!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *