5 remédios naturais para memória

Diferente do que muitas pessoas acreditam, a perda de memória é um problema que também atinge vários jovens atualmente, tendo em vista que condições como estresse e sono desregulado atingem diretamente a saúde do cérebro, o que causa dificuldade em armazenar informações importantes.

Segundo estudos científicos, o estresse crônico ocasiona uma maior liberação do hormônio chamado cortisol, que prejudica a memória do indivíduo e ainda pode causar a atrofia de regiões do cérebro que estão interligadas diretamente ao armazenamento de informações.

No entanto, exceto para pessoas que já possuem doenças crônicas relacionadas à memória, existem alguns remédios naturais que melhoram o funcionamento do cérebro, como também a prática de hábitos saudáveis, que são essenciais para que as pessoas tenham uma vida mais tranquila.

Remédios naturais para memória

Esquecer onde colocou a chave do carro e ir ao supermercado e não lembrar dos itens que você deveria comprar realmente são inconvenientes chatos pelos quais ninguém gosta de passar. Por isso, para evitar que você passe por situações como essas, confira a lista de alimentos que servem como verdadeiros remédios naturais para a memória.

1 – Alimentos com ômega 3

Peixes como salmão e sardinha são ricos em gordura polinsaturada, conhecida como ácido graxo ômega-3. Ao ingerir alimentos com essa gordura, o cérebro recebe estímulos para melhora da cognição, fortalecendo os neurônios. Por isso, vale a pena incluir esses tipos de peixes na sua alimentação.

Além disso, caso seja necessário fazer a suplementação com remédios naturais, hoje em dia você pode contar com suplementos produzidos especialmente para atuar na melhora da memória, favorecendo o raciocínio rápido e na ativação das funções cerebrais – o que, consequentemente, melhora a qualidade de vida.

2 – Temperos

Estudos científicos já comprovaram que temperos como a cúrcuma contam com um composto antioxidante denominado curcumina, que possui uma ação anti inflamatória. Dessa maneira, ao inserir esse alimento nas refeições do dia a dia, você previne a degeneração dos neurônios que agem no armazenamento de informações.

O manjericão, por sua vez, tem abundância em compostos fenólicos e vitaminas A, C e K, além dos minerais importantes para a memória, como o zinco e magnésio. Hoje em dia, também é possível utilizar a suplementação de minerais como uma maneira de auxiliar na alimentação e assim garantir que o corpo absorva todos os nutrientes necessários.

3 – Chocolate amargo

De acordo com estudos, ao consumir chocolate amargo de forma moderada, é possível minimizar os níveis de estresse, aumentando também a imunidade, tendo em vista que esse alimento foi comprovado como um aliado nas funções neurológicas, com ponto de vista baseado no seu teor de açúcar.

Ainda, sabe-se que, quanto maior a taxa de cacau no chocolate, mais benefícios o indivíduo consegue aproveitar, como os impactos positivos na memória, imunidade e também no humor. Então, nas suas próximas compras, inclua o chocolate amargo na sua lista e tenha uma vida com mais qualidade e prazer.

4 – Amêndoas

Ao inserir uma porção de amêndoas na sua alimentação diariamente, o indivíduo é capaz de ter uma melhora no processamento cerebral, pois o alimento é rico em compostos antioxidantes e também na vitamina E. Além disso, as amêndoas atuam como auxiliadoras para diminuir o colesterol considerado ruim.

Outros benefícios que as amêndoas promovem ao ser humano são o aumento da longevidade, como também do aspecto intelectual, tendo em vista que fortalecem os neurônios, impactando na maneira com que a pessoa processa os dados que acumula durante os estudos e no próprio dia a dia.

5 – Alecrim

Hoje em dia já é comprovado que alguns óleos naturais garantem o melhor funcionamento do organismo, tendo em vista que suas substâncias foram estudadas e testadas a fim de entender a sua atuação no corpo humano. O óleo de semente de uva, por exemplo, é uma substância rica em vitamina E, que beneficia a memória.

 

O óleo de alecrim, por sua vez, ao ser levado até o cérebro, garante um aumento significativo dos estímulos que atuam no armazenamento de informações. Alguns profissionais da saúde ainda recomendam a inalação do óleo de alecrim por meio da adição de algumas gotas em um recipiente e inserir no ambiente.

Benefícios dos hábitos saudáveis para a memória

Assim como uma alimentação balanceada ajuda a prevenir doenças e melhorar diversos aspectos do corpo, ter hábitos saudáveis – como praticar exercícios físicos, ter o sono regulado e reduzir o consumo de álcool – também são essenciais para a preservação da memória.

Isso porque, ao ter uma rotina saudável, o corpo garante um melhor funcionamento, influenciando na oxigenação do cérebro, que é essencial para que o ser humano seja capaz de se concentrar e fazer ações simples como falar, andar, entre outros.

Por isso, se você ainda não é adepto de práticas consideradas saudáveis, comece a investir um tempo do seu dia para fazer exercícios, assim, conforme você fizer disso um hábito, com certeza poderá aproveitar todos os benefícios que essas ações promovem nos outros aspectos da vida.

Gostou deste conteúdo? Aproveite para compartilhar nas suas redes sociais e garantir que mais pessoas conheçam os benefícios dos remédios naturais para a memória. Além disso, assine nossa newsletter para receber informações, dicas e muito mais diretamente no seu e-mail!

Assine nossa newsletter para receber dicas, informações, vídeos e entrevistas diretamente em seu email!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *